sábado, 21 de maio de 2011

Sem vida


Cansei de enganar a mim mesma.
Vou deixar esses sentimentos agonizantes me inundarem de uma vez e me empurrarem para baixo cada vez mais.
Cansei dos sorrisos tristes. Cansei dos olhares vazios. Cansei dos choros durante a noite. Cansei das lágrimas escondidas. Cansei do desespero. Cansei da esperança falha. Cansei da suposta vida feliz. Cansei dos fingimentos. Cansei das mentiras. Cansei dos pensamentos berrantes. Cansei de ser quem não sou.
Meu corpo é sem vida. Meu coração é frio. Meus pensamentos vagam para o nada. Meus olhos enxergam, mas não vêem. Meus ouvidos escutam, mas não ouvem. Talvez eu seja uma morta-viva, prestes a ceder. Só respiro, mas não vivo. Nunca mais vivi.
O vazio me entorpece, e, às vezes, sinto que a solidão está me matando aos poucos.

9 comentários:

  1. "Só respiro, mas não vivo. Nunca mais vivi."

    Cada frase me descreveu.

    ResponderExcluir
  2. Fico feliz por ter se identificado. Obrigada pelo comentário, Vanessa.

    ResponderExcluir
  3. Texto lindo. Um dia a gente ia ter que cansar disso tudo mesmo. Mas passa, sempre passa. (:

    ResponderExcluir
  4. Passa, mas o caminho até lá é longo. Muito obrigada, Idiótica. :)

    ResponderExcluir
  5. Esquece a solidão, colega. Por mais que ela seja corrosiva, ela não é nada. Não sorria mais por eles, nem para eles, sorri só por você, porque você lembrou, porque você quis, porque achou engraçado. Às vezes parece difícil, mas viver é mais fácil do que se imagina. Descansa um pouco da vida rindo :)

    ResponderExcluir
  6. o bom disso é a opção de fazer tudo ao contrário.


    =)


    bjsmeus

    ResponderExcluir
  7. Gostei, mas concordo com a Nathália...

    ResponderExcluir
  8. Você descobre o quanto está perdido quando a opção de fazer ao contrário não existe mais. Obrigada pelo comentário, Fernand's.

    ResponderExcluir

Dê sua opinião.